Páginas

- o que você procura?

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

- acessórios da Consciência

O substrato depressivo da consciência
obedece os desfrutos daquilo que julgamos aleatório;
as demonstrações de afeto que se revelam em posturas de decência
são, na verdade, disfarces tristes e simplórios
do excesso de carência, da falta de amor.


Ignorar essa verdade com os disfarces de ausência
também não cura a ferida do sentimento sem invólucro,
e não aumenta a fé na crença... - um pressuposto ilusório -
mesmo que a crença seja a dor.
Dor... um mero acessório.

sábado, 7 de outubro de 2017

Puta Única

Ouço a sua voz,
que me corta pela nuca
e que sussura sobre nós
verdade íntima absoluta

da nossa relação bruta,
complicada e cheia de nó,
e daquela fantasia maluca,
às vezes, até mesmo atroz

que não se cansa nunca
de fazer da minha vida o ó:
- quero levar uma vida unica
e acabar com o quiproquó!

Então você me diz “Escuta!”
e ai me atento a sua voz
“Lembra quanto custa?”
Não sei se você sente pena ou dó

quando digo que não quero
que você seja mais puta...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

- digressão de noites alvas

Daqui do alto da pirâmide de vidro,
assisto a torre pulsar suas infinitas cores.
E mesmo no negro da noite, eu reflito
sobre nossos sofrimentos e nossas dores

e, nesses momentos, no olhar distante, eu insisto
em confessar como verdade o que pensam ser os rumores.
Rumores que sufocam nossos desejos aflitos
e instauram em nós a culpa e seus temores.

As vezes, acho que ficaremos loucos com tudo isso,
mas, ainda sim, somos os únicos responsáveis e autores
pelos sentimentos sóbrios e versores
que podem ainda ser confundidos como vícios

... apesar de eu pensar que somos, na verdade,

apaixonados...
... sonhadores.