- o que você procura?

domingo, 7 de outubro de 2007

- revolucionários do ócio

Vamos incinerar uns corpos.
Compor hinos revolucionários!
A esta lavagem de dinheiro dos porcos.
- Direita, Esquerda! Ciranda de otários.

Vamos lutar por um ideal comum
E hastear uma bandeira.
Mudar de lado quando perder algum,
Reivindicar um escândalo de baboseira

Vamos dar uma surra num policial!
Fumar maconha a noite inteira.
Balada, ibope, coisa e tal,
Neo-Che Guevara de primeira!

Vamos então ser diferente,
Fazer o contrário do que se diz!
Ser caótico e pré-potente,
Querendo dizer o que não quis.

Vamos fundar uma religião!
Decifrar o mistério da vida e do universo.
E se negarem a salvação
- Ateu? Culpa do inimigo perverso!

Vamos viver de tecnologia
Inclusão Social, globalização!
Se educar pela noticia do dia,
Conto-de-fadas de alienação.

Vamos ser os reis da economia
Lotar os bancos da cidade
Trabalhando todo o dia
Rico, pobre, de toda e qualquer idade.

Vamos então apelar pra genética:
Célula tronco vai inovar!
Embora pensem que seja estética
Ajuda a tudo a regenerar.

Ah! Já sei!... vamos então parar com tudo!
Esquecer essa tal de revolução,
Estão todos girando no próprio mundo
Que tende ao tédio e a contradição.

escrito em: Domingo, 07 de Outubro de 2007, 2h42