- o que você procura?

domingo, 7 de junho de 2009

- jecoral

Esta sensação monótona de dor
aliena-me pelo íntimo,
transcorrendo pelas veias
a circulação fúnebre e dolorida.

O fel que não tem cor
demora-se em meu paladar, feito rícino.
O facínio do horror me golpeia,
abato-me lastimado orando pela vida.

Sinto-me como um feto sem amor,
recolhido em meu íntimo.
E tudo que sou, ao chão se semeia...
É o vomito! que anuncia minha carne já apodrecida.