- o que você procura?

terça-feira, 22 de setembro de 2009

- repouso lascivo

Não é bonita,
vejo.
Mas a tua carne
me excita
quando a percorro,
detalhadamente,
aos beijos.

Você é puro orgasmo
- e como grita...
E, em meu ápice,
selvagem e febril,
ao te confessar,
gaguejo:

quero estar em teu útero,
onde repousa e habita
a raiz de tudo que a faz linda:
os teus desejos.