Páginas

- o que você procura?

quinta-feira, 18 de março de 2010

- rosto amigo

Atende a voz incrédula
que oculta atrás da porta
- Veja o que se mostra!
Rosto esse desfalecido,
Mutilado. Apodrecido.
Figura escrota que me olha,
desgraça vívida... escória.
O toque de sua mão,
em meu coração,
fez-me cair putrificado,
agonizando, ao chão...
morte sem perdão
provocada pelo rosto amaldiçoado
que bateu à minha porta
e encerrou minha solidão.

escrito em: Santo André, 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário