Páginas

- o que você procura?

quinta-feira, 8 de abril de 2010

- tudo

Na mente
sou o instante
um segundo
caibo na Eternidade
pois sou do tamanho
do mundo

Sou um pensamento
que se transforma
na longevidade
do momento
pois sou completamente
difuso

Mas se você me perguntar
quem sou de verdade
eu responderei,
do modo mais profundo:
sou
tudo

3 comentários:

  1. "Arrebento a boca do balão", como diria um amigo meu. Um dos melhores textos que eu já li aqui, sério mesmo. Pensamentos... Efêmeros e plenos fazem a poesia brotar como em um passe de mágica. Abraço

    ResponderExcluir
  2. Em um tudo cabe prepotência, orgulho, chuva, chá mate, música, dor de cabeça, trânsito, lareira...

    Em um tudo há o perigo de encontros nada amigáveis...
    Talvez ser um nada às vezes seja até bom.

    Dando uma passada o/

    ResponderExcluir