Páginas

- o que você procura?

sábado, 11 de abril de 2015

- batalhas da Vida

Pessoas que dizem não mais acreditar na Vida
de almas desbotadas, cansadas e sofridas,
que andam pelas ruas com postura arqueada,
se sentindo vazias, solitárias e deprimidas.

Estancam seus sentimentos e suas dúvidas
por temerem exposições a duras críticas
e, às vezes, subtraem frustrações com drogas ilícitas;
fogem, agridem, matam e até mesmo se suicidam

como se estas fossem as únicas saídas...

Mas mesmo que seus pais o odeiem de forma explícita,
que a violência e o abuso sejam memórias vívidas,
que o preconceito ocorra de maneira mental e física
ou que seja diferente de tudo aquilo o que você acredita;

saiba: no mundo existe bilhões de almas feridas,
e algumas dizem que não vale a pena a energia investida
porque acham não existir esperança ou que a luta é inútil e perdida.
Será mesmo que é um jogo de sorte ou azar, uma mera partida?

E se você escolher passar por tudo de cabeça erguida?

Perdoe as palavras que rotulam e hostilizam
Agora! Decida! você pode doer, mas a vida não é sofrida!
Não se torne refém da dúvida, das coisas que o atemoriza.
Acredite em seu sonho, compartilhe suas lições aprendidas.

Lembre-se: olhar para trás ou para frente, mera questão de perspectiva.
- É no momento presente que qualquer batalha é vencida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário