Páginas

- o que você procura?

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

- decisão atemporal

Sinto seu cheiro nas palavras que escrevo
o perfume exala em forma de rima
Sinto seu gosto nos elixires que bebo
e a ressaca é mais forte do que se imagina

Vejo sua forma nas tintas e nos pincéis que escolho
você é meu tema recorrente, minha obra-prima
Vejo sua alma no mirar de seus olhos
e desvendo nossos segredos em sua retina

Sinto sua presença em lugares que vou, em coisas que faço
você me subtrai toda sensação de tempo e de espaço
Sinto que você é meu azar, minha sorte e minha sina
e o nosso amor oscila sempre entre o apogeu e a ruína

Sinto que sabes o que verdadeiramente penso
você guarda pra si a nossa dúvida e nosso 'sofrimento'
Sinto que um dia nos libertaremos
mas é você quem vai decidir sobre o futuro que teremos